Bulletin of Hispanic Studies

O SIGNIFICADO DAS COMEMORAÇÕES CENTENÁRIAS DE PORTUGAL

Bulletin of Hispanic Studies (1941), 18, (70), 62


Details

62 Bulletin of Spanish Studies crises. Nao esquecemos nem fechamos os olhos a tao grande desventura. mas tendo 0 dever de recordar 0 que fomos e, prestada sincera homenagem a dor alheia, e com enorme orgulho que lembramos os faetos da nossa Hist6ria e a vida da nossa gente. Estao aqui os altos funcionarios da Nacao, os que a representam, e tOda uma assistencia brilhante, mas a projeccao desta hora nao cabe nesta easa. A minha palavra que ea sua expressao transpoe estas paredes e sera ouvida em cada canto da terra portuguesa do Continente ou do Ultramar, e em cada coracao de portugues aonde quer que ele se encontretste dia e de todos porque cada urn, quem quer que seja, representa uma familia, urn nome do passado, modesto ou nobre, celebrado ou desconhecido, alguem que na sucessao dos seculos serviu 0 sen Pais com prestimo, brilho e heroismo. E, para terminar, Senhores: Reeordemos todos os que viveram antes de nos, evoquemos a sua memoria e admiremos 0 sulco que deixaram na terra, inclinemo-nos· ante a sua obra e ratifiquemos a promessa que eles tantas vezes fizeram de permanecer fieis a sua fe patri6tica; e, juntando a nossa aspiracao viva a sua aspiracao ja agora espiritual, ergamos os coracoes para Deus e solicitemos para a terra portuguesa a sua etema protec~ao. o SIGNIFICADO DAS COMEMORACOES CENTENARIAS DE PORTUGAL I 114:o-FUNDACAo , ,,,..-0, ,.: eis a mAO ab801uta, cabal. incontrastavel, nossa iDdividualidade nacional. E esaa bastasse, est40 escriptos com Rngue, StnIIOS cia ifl4ef'nIU'*s /HWfW 0 Ie nIo &hi deede Valdevez aU Montes-Claros, par toda esta DObre e livre terra de portugal. os titulos cia D08Sl alforria. (Herculano. DpMseulos. Vol. V. p4g. 67. 3- ed.) No Ultimo decenio do secuIo XI, Afonso VI de Leao-ja nessa altura senhor tambem dos reinos de Castela e da Galiza-, de entre os muitos franceses que lhe freqiientavam a corte ou the defendiam e povoavam os Estados, escolhia Raimundo de Borgonha para marido de Urraca, sua Unica filha legftima, e entregava ao genro 0 governo da Galiza e dos territ6rios ocidentais ate 0 Tejo, Poueo depois, em 1095, casava uma das filhas bastardas, Teresa, com Henrique de Borgonha, primo de Raimundo e aparentado com a casa real de Franca, ao qual dava, mas sob a autoridade deste, 0 mando dos territorios da faixa atlantica compreendidos, grosso modo, entre os aetuais Copyright (c) 2004 ProQuest Information and Learning Company Copyright (c) Liverpool University Press

If you have private access to this content, please log in with your username and password here

Author details

Ramaihete, H. Branco